“Estamos trabalhando para o povo de Paranaguá”, declarou prefeito Marcelo Roque ao autorizar obras na Estação Ferroviária.

Empresa renomada no país foi contratada para realizar as obras de revitalização de um dos prédios mais importantes da história do Paraná

Estamos trabalhando para o povo Paranaguá”, disse o prefeito Marcelo Roque durante a solenidade de assinatura da ordem de serviço para início das obras de revitalização do prédio da Estação Ferroviária, nesta quarta-feira, dia 22.

A verba na ordem de R$ 1,7 milhão será usada para fazer nova cobertura, parte elétrica e hidráulica, instalação de esquadrias, além da pintura. “Trata-se da recuperação total deste prédio histórico. Parabéns à comunidade e à administração”, reforçou o representante da empresa Pires Giovanetti Guardia Engenheria e Arquitetura Ltda, Ronald Lofredo Júnior.

A cerimônia aconteceu na Praça Almirante Tamandaré com a presença de populares, vereadores, secretários municipais, da Caixa Econômica Federal, Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan), entre outros segmentos.

O vice-prefeito de Paranaguá e secretário Municipal de Obras, Arnaldo Maranhão Júnior lembrou que a atual administração, mesmo com pouco tempo à frente do Município, tem percorrido os bairros, acompanhado as equipes de trabalho em obras de pavimentação e que a recuperação da Estação Ferroviária faz parte de uma série de novas obras que serão executadas. “Esta obra é mais um marco da gestão”, completou Maranhão.

De acordo com o secretário Municipal de Planejamento, Sílvio Loyola, o objetivo, após concluída a obra, é buscar autorização do Iphan para promover uma parceria público-privada para que o local seja mantido em perfeitas condições e possa se transformar num local de visitação permanente. “Trata-se de um prédio importante, com características delicadas e de cara manutenção”, explicou.

Para o presidente da Câmara, Marquinhos Roque, a parceria entre os poderes Legislativo e Executivo ajudará na execução de novas obras para a população. “Vamos pensar no futuro e dar celeridade e respostas à população”, completou.

E o prefeito Marcelo Roque lembrou que, “após 50 dias de mandato, sem muitos recursos, chegamos a este momento do início das obras da Estação. Amanhã mesmo, as obras começam”, confirmou.

Falta de manutenção
Em setembro de 2014, parte do telhado da Estação Ferroviária desabou. A situação só agravou um problema que já vinha dando provas do estado de deterioração do prédio que estava pichado, sujo e sem nenhum tipo de manutenção.

O prédio foi interditado e todo o telhado foi retirado para impedir que a estrutura fosse mais prejudicada.

“Queremos que as pessoas venham conhecer Paranaguá e vejam que é uma cidade limpa, bonita e já demos início a esta realidade. O governo do estado iniciou as obras do entorno do aquário e agora nós estamos começando a recuperação da Estação Ferroviária”, completou o prefeito durante a solenidade.

As obras começam nesta quinta-feira, dia 23, com instalação do canteiro de obras e chamamento dos trabalhadores.

História
A Estação Ferroviária é uma edificação construída em 1922 para substituir a primeira estação ferroviária de 1885, trata-se da segunda edificação construída para atender a demanda de passageiros que chegavam a vapor com destino ao planalto e a primeira Estação Urbana da Estrada de Ferro Paranaguá Curitiba.

Trata-se do marco inicial de uma das maiores obras de engenharia ferroviária do mundo, a ferrovia Paranaguá-Curitiba.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
  • Cotações do dia