PASSARELA DESTRUÍDA EM PONTAL DO PARANÁ É REFEITA E ENTREGUE À POPULAÇÃO QUE TAMBÉM DEVE ZELAR PELO PATRIMÔNIO PÚBLICO

Nesta última semana, a engenheira civil do Serviço Social Autônomo (Paranacidade, ligado à Secretaria do Desenvolvimento Urbano – SEDU), Patrícia Quintino, acompanhou profissionais da área da Prefeitura de Pontal do Paraná, no litoral do Paraná, para uma vistoria na passarela refeita neste mês, após ter sido destruída pelas intempéries e vandalismo. “A passarela está novamente pronta e entregue ao uso da população para a melhoria e segurança na travessia das pessoas. Agora todos devem zelar pelo patrimônio público”, destacou Patrícia.

Nesta vistoria da engenheira do Paranacidade estavam juntos o arquiteto Ludierry Clemente e engenheiro civil, Vinicius Carli, que trabalham na Prefeitura de Pontal do Paraná, responsável pela obra. Ambos falaram sobre o uso da passarela. “Com certeza, o povo pontalense também tem de fazer a parte dele. Todos devem contribuir para que essa passarela tenha a devida função. Isto significa que ela deve servir para a travessia de todos, de pedestres e de cadeirantes. Mas não pode ser usada com outras finalidades como carretinhas para atravessar com barcos, jet-ski, ou por motociclistas, pois assim degradam a obra”, disse Ludierry.

Eles afirmam que, em relação à durabilidade, os técnicos da Prefeitura de Pontal ainda estudam outras formas de melhorar as passarelas futuras. “Como esta obra é um bem público, nós pedimos à população que também ajude a zelar. Afinal, esta passarela foi construída com recursos de impostos que todos nós pagamos. Então que todos possam zelar por este patrimônio público. E com certeza faremos esforços para ter mais e mais passarelas e mais benfeitorias para ajudar a nossa população”, afirmou Carli.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
  • Cotações do dia