NOTÍCIAS DA ALEP

Duplicação da Rodovia dos Minérios é destacada na Assembleia

As obras de duplicação da Rodovia dos Minérios deverão começar em breve, conforme anunciou na Assembleia Legislativa do Paraná o deputado Alexandre Curi (PSB), após participar de solenidade no Palácio Iguaçu, nesta segunda-feira (12), quando o governador Beto Richa assinou convênio de empréstimo junto ao Banco do Brasil que destina R$ 151 milhões para a execução dos serviços. As obras foram incluídas no programa Rotas de Desenvolvimento. Há 20 anos a população aguarda a duplicação da Rodovia dos Minérios, que liga importantes municípios da Região Metropolitana de Curitiba.
Segundo Alexandre Curi, a obra vai beneficiar diretamente os municípios de Curitiba, Almirante Tamandaré, Itaperuçu e Rio Branco do Sul. Na primeira fase estão previstos a duplicação entre o Rio Bariguí, no Contorno Norte de Curitiba, até o perímetro urbano de Almirante Tamandaré. O trecho terá passarelas para pedestres, retornos em desnível e pontes readequadas.
Curi lembra que pela primeira vez o Banco do Brasil faz um empréstimo a um governo estadual sem o aval da União, e que isso só foi possível por conta equilíbrio nas contas que o Paraná tem hoje.

 

 


Deputado Alexandre Curi (PSB).
Foto: Pedro de Oliveira/Alep


Após pedido dos autores, projeto que regulamenta venda de cerveja nos estádios é retirado de pauta

O projeto de lei que regulamenta a venda e o consumo de cerveja e chope nas arenas desportivas e estádios do Paraná foi retirado da pauta da sessão plenária desta segunda-feira (12) na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), a requerimento dos autores. De acordo com o líder do Governo na Casa e um dos subscritores da proposta, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), o texto não foi apreciado em primeiro turno nesta oportunidade porque parte dos autores não estavam presentes na sessão, por motivos de viagem e compromissos políticos. “Por se tratar de um projeto polêmico, preferimos optar pela sua retirada. Achamos que é melhor que a matéria seja votada com a presença de todos os deputados e deputadas, e com todas as condições para deliberação, seja para ser aprovado ou rejeitado”, afirmou Romanelli.

A proposta tem como base o “Estatuto do Torcedor” (Lei Federal nº 10.671/2003). A justificativa do projeto de lei paranaense é de que a venda e consumo não está proibida pela lei federal, que apenas faz menção ao “porte de objetos, bebidas ou substâncias proibidas ou suscetíveis de gerar ou possibilitar atos de violência”. O projeto ainda argumenta, por exemplo, que a experiência da Copa do Mundo FIFA 2014 promoveu eventos com cerveja liberada e nem por isso teria sido registrado qualquer aumento nos índices de violência nos estádios.

O texto é assinado por onze parlamentares: Luiz Claudio Romanelli (PSB), Alexandre Curi (PSB), Stephanes Junior (PSB), Ademir Bier (PMDB), Pedro Lupion (DEM), Marcio Pauliki (PDT), Tiago Amaral (PSB), Fernando Scanavaca (PDT), Marcio Nunes (PSD), Nelson Justus (DEM) e Anibelli Neto (PMDB).

Funrejus – Ainda em primeiro turno, foi aprovado o projeto de lei nº 207/2017, do Tribunal de Justiça, que altera artigo na Lei estadual nº 12.216/1998, que dispõe sobre o Fundo de Reequipamento do Poder Judiciário (Funrejus).

Campanha antidrogas – Foi aprovado em terceiro votação o projeto de lei nº 218/2016, do deputado Gilson de Souza (PSC), que dispõe sobre a exibição de informe publicitário para esclarecimentos sobre os malefícios do uso de drogas ilícitas e prejuízos relativos ao consumo de drogas lícitas, nas salas de cinema do estado. A obrigatoriedade da apresentação dos filmes, segundo a proposta, ocorrerá anualmente, no mês de junho, que é quando se realiza a Semana Nacional de Combate às Drogas, em todas as salas de cinema do Paraná. Ainda de acordo com o texto, os filmes publicitários a serem exibidos serão os aprovados e divulgados aos estados pela Secretaria Nacional Antidrogas, pela Secretária de Segurança Pública do Estado do Paraná ou Secretária de Estado da Educação.

Títulos e homenagem – Em segundo turno, os deputados aprovaram os projetos de lei nº 162/2017, do deputado Gilson de Souza (PSC), que concede o título de utilidade pública ao Instituto Construindo Um Lugar Seguro, com sede no município de Curitiba; e nº 609/2016, do deputado Tercílio Turini (PPS), que concede o título de Cidade Berço da Pastoral da Criança ao município de Florestópolis. Já em primeiro turno será analisado o projeto de lei nº 228/2016, do deputado Dr. Batista (PMN), que denomina Felizardo Meneguetti a ponte sobre o Rio Ivaí, localizada na rodovia PR-323, no trecho entre os municípios de Dr. Camargo e Jussara.

Redação final – Os deputados ainda aprovaram quatro projetos de lei em redação final. São eles: o projeto de lei nº 692/2015, de autoria do deputado Gilberto Ribeiro (PRB), que obriga hotéis, pousadas e estabelecimentos de hospedagem a comunicar aos clientes, no ato da reserva, os preços de suas taxas de diárias e demais produtos e serviços que eventualmente podem ser cobrados dos hóspedes; o projeto de lei nº 311/2016, da deputada Claudia Pereira (PSC), que institui a Região Turística Vale do Ivaí; o projeto de lei nº 4/2017, do deputado Stephanes Junior (PSB), que concede o título de Cidadã Honorária do Estado do Paraná à Sandra Marchini Comodoro; e o projeto de lei  nº 118/2017, do deputado Evandro Araújo (PSC), que concede o título de utilidade pública à Associação Entidade Ecumênica de Amor ao Próximo, com sede no município de Maringá. Essas propostas agora seguem para sanção, ou veto, do governador Carlos Alberto Richa.

 

 


Sessão Plenária 12/06/2017.
Foto: Pedro de Oliveira/Alep


Confira um resumo dos pronunciamentos na sessão plenária desta segunda-feira (12)

Transporte municipal – O deputado Requião Filho (PMDB) voltou a repercutir nesta segunda-feira (12), ao falar na tribuna, depoimento do advogado Sacha Reck feito ao Ministério Público do Paraná (MP-PR). Lembrou que o advogado é citado em denúncias que apuram fraude em licitações no transporte coletivo em diversas cidades do Paraná. O parlamentar fez referência a possíveis irregularidades que envolveriam a gestão do então prefeito de Curitiba Beto Richa. Ele leu trechos do depoimento de Sacha Reck e criticou a situação do transporte público.

 

Transporte municipal II – O líder do Governo, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), voltou a rebater o pronunciamento do deputado Requião Filho, dizendo que o advogado Sacha Reck deixou claro em seu depoimento que não viu nenhuma irregularidade em contratos envolvendo a administração do então prefeito Beto Richa. Segundo Romanelli, o depoimento inclusive isenta Richa. Ele também falou sobre os fatos abordados pelo deputado Tadeu Veneri (em relação à viagem do governador à China), afirmando que não vê propósitos no questionamento sobre o roteiro da viagem. “Está certo o governador ao ir em busca de acordos de cooperação, gerando desenvolvimento”, completou.

 

Estradas – O deputado Cobra Repórter (PSD) falou sobre a visita do governador Beto Richa à região Norte do estado. Ele enalteceu a iniciativa do Governo que entregou, em Tamarana, um conjunto de máquinas e equipamentos para obras de adequação de estradas rurais. O parlamentar também destacou a importância, especialmente para a população da região de Rolândia, dos investimentos destinados a Estrada dos Pioneiros, uma rodovia municipal.

 

Aeroporto – A implantação do Aeroporto Regional do Oeste foi novamente tema do pronunciamento do deputado Schiavinato (PP) na tribuna da Alep. Ele comentou reunião ocorrida na sexta-feira (9) na Associação Comercial e Industrial de Cascavel, que contou com a participação de outros deputados estaduais, de lideranças políticas e empresariais da região e dos prefeitos de Cascavel, Toledo e Tupãssi. O deputado relatou que um passo importante foi dado com a união dos prefeitos das três cidades, pois a área escolhida faz parte dos três municípios. “O projeto e os debates para a implantação ocorrem há 20 anos e está na hora de sair do papel para o desenvolvimento da região”, disse o deputado. Schiavinato disse que em breve o grupo terá uma reunião com o governador Beto Richa e, na sequência, com representantes do Governo Federal.

 

Viagem – O deputado Tadeu Veneri (PT) usou o horário da liderança da Oposição para falar de uma decisão da Justiça que cobra a devolução de valores gastos por comitiva do Governo do Estado em uma escala realizada em Paris, em 2015, durante viagem à China. Veneri disse que a decisão pede a devolução dos valores, pois “havia alternativas mais baratas para a escala”. Veneri também criticou o pedido do governador Beto Richa para se ausentar do país entre os dias 15 e 21 de junho, para participar de um evento em Londres.

 


Direto da Tribuna.
Foto: Arte: Vinícius Leme.


Médico fala sobre a prevenção do câncer de estômago e alerta para a importância do diagnóstico precoce

A necessidade da edição de uma lei estadual para chamar a atenção da população sobre os cuidados com o câncer de estômago motivou a apresentação do médico especialista em aparelho digestivo, Flávio Daniel Saavedra Tomashich, do Hospital Erasto Gaertner, nesta segunda-feira (12), na sessão plenária da Assembleia Legislativa do Paraná. A prevenção e o diagnóstico precoce da doença foram os temas centrais da palestra, que atendeu a uma proposição do deputado Stephanes Júnior (PSB).

O médico ressaltou que 28 de setembro poderia ser esse dia de conscientização, marcando assim uma data anual para a intensificação de campanhas educativas e institucionais pelo poder público, mostrando a importância do diagnóstico precoce para o tratamento da doença. “Precisamos orientar a população sobre o assunto e uma lei que crie um dia de conscientização seria fundamental para que se possa identificar o câncer de estômago e tratá-lo de forma mais rápida, eficaz e mais barata”.

Segundo o médico, mais de sete milhões de pessoas morrem de câncer no mundo por ano. O médico informou que no Brasil, em 2016, mais de 20 mil casos de câncer gástrico foram diagnosticados, sendo que 14 mil pessoas faleceram por causa da doença.

O médico disse que exames como a endoscopia e a ecografia digestiva são fundamentais para identificar a existência ou não dessa grave doença. Ações de prevenção, como o reforço de orientação acerca de uma alimentação mais saudável, o combate ao tabagismo e ao consumo excessivo de álcool, assim como os exames precoces, estão entre as medidas pontuais mais recomendadas.

 


O grande expediente da sessão plenária desta segunda-feira (12), contou com a explanação do Dr. Flávio Daniel Saavedra Tomashich do Hospital Erasto Gaertner.
Foto: Pedro de Oliveira/Alep


 Ismael Lago fala sobre Dinâmica dos Relacionamentos em palestra promovida pela Escola do Legislativo

Por iniciativa da Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) o médico e especialista em obesidade Ismael Lago voltou à Casa na manhã desta segunda-feira (12) para uma palestra sobre a Dinâmica dos Relacionamentos. Aos funcionários do Poder e demais interessados que lotaram o Plenarinho, Lago falou sobre a importância do respeito ao outro, do diálogo, das demonstrações de carinho e sobre as vicissitudes do amor e da paixão.

Abordando as diferenças na forma como homens e mulheres enxergam o mundo, a interferência dos hormônios na definição de sensações e sentimentos, teorias psicanalíticas, conceitos espirituais, formação de paradigmas e tabus relativos à sexualidade humana, enfatizou a mensagem de que a vida é para ser vivida vibrando a cada momento e cultivando a saudosa lembrança do que se fez e do que se recebeu ao longo do tempo.

Para ele, é preciso superar sentimentos como o ódio, o rancor, o remorso, o medo, a ansiedade e a insegurança no reconhecimento daquilo que o parceiro tem de melhor e que alimenta a nossa admiração, incentivá-lo a se desenvolver, amar apesar dos defeitos e abrir mão da ilusão de encontrar o ser perfeito: “Perfeito é aquele que, não obstante suas imperfeições, somos capazes de amar”.

O médico ponderou ainda que as pessoas erram muito quando passam a sentir-se donas de seus parceiros e tentam moldá-los às conveniências de sua própria insegurança. Lago já havia feito uma exposição a servidores da Assembleia em abril, quando falou sobre “Longevidade e Felicidade”. O sucesso foi tanto que a Escola do Legislativo decidiu repetir a dose, desta feita com um novo tema.

Com 54 anos de experiência na área da saúde, católico praticante que tem na fé um dos principais pilares de sua vida, Lago é autor de vários livros, entre eles “Você, o amor e eu”, que serviu de base para a palestra desta segunda-feira, que contou com a presença dos dirigentes da Escola do Legislativo, Dylliardi Alessi, Francis Fontoura Karam e Roberta Picussa e do diretor de Assistência ao Plenário, Juarez Villela Filho, além de um grande número de servidores.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
  • Cotações do dia