Nova ferramenta facilita busca de soluções por empresários

Nova ferramenta facilita busca de soluções por empresários

O Comitê Gestor Central do Parque Tecnológico Virtual do Paraná (PTV Paraná) apresentou nesta terça-feira (05), no Palácio Iguaçu, a plataforma PTV Core. O instrumento de busca permitirá, a partir do ano que vem, que empresários paranaenses informem suas demandas tecnológicas e conheçam as instituições mais adequadas para solucioná-las.

De acordo com o diretor-presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), Júlio Feliz, também responsável pela secretaria executiva do programa, o PTV Core também conta com espaço colaborativo, mapa dos ativos tecnológicos no Paraná e acesso ao Currículo Lattes dos pesquisadores, além de ferramentas para aplicativos móveis (Facebook e Google).

O programa PTV Paraná busca atrair e fixar empresas de base tecnológica em todo território paranaense, reunindo projetos e iniciativas, com ações em universidades e instituições científicas e tecnológicas que fomentam a inovação no Estado.

A plataforma reúne cerca de 13 mil ativos tecnológicos distribuídos em 62 cidades de todas as regiões do Paraná. Os ativos são divididos em sete categorias: Pessoas, Organizações, Programas e Incentivos, Projetos e Iniciativas, Produtos, Propriedade Intelectual e Serviços.

A partir de 2018 a plataforma vai oferecer a ferramenta “mercado tecnológico”, com a qual empreendedores, empresas, universidades e instituições científicas e tecnológicas poderão buscar e ofertar soluções. “Quem está na plataforma poderá trocar informações e contratar soluções para gerar inovação no Paraná. A plataforma também é ideal para acompanhar o desenvolvimento em boa parte dos municípios”, explica Felix.

Outras novidades previstas na iniciativa são a integração com a Plataforma Lattes, disponibilizando o currículo dos usuários e facilitando as parcerias em um espaço de trabalho virtual, a utilização de aplicativos mobile como Facebook e Google, além do chat e calendário com o objetivo de organizar o desenvolvimento dos projetos.

O secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, destaca que a ferramenta é importante por reunir agentes públicos e privados em busca do desenvolvimento de cada região do Paraná.

“Com a plataforma do PTV Paraná, pesquisadores e empresários de todas as regiões se encontram para gerar inovação. O envolvimento do poder público, das empresas, das entidades de fomento e das nossas universidades deve impulsionar o empreendedorismo, gerando emprego e renda em todo o Estado”, afirmou Gomes.

A PATAFORMA – O PTV Paraná centraliza os ativos tecnológicos e processos de negócios em uma plataforma única, reunindo instituições científicas e tecnológicas (ICT), núcleos de inovação tecnológica (NIT), empresas inovadoras de base tecnológica, incubadoras e parques tecnológicos, centros de promoção de empreendedorismo, entidades prestadoras de serviços técnicos e tecnológicos, instituições de ensino e pesquisa e as prefeituras municipais.

Cada instituição pode se cadastrar e catalogar seus programas de financiamento à inovação e seus projetos de pesquisa, por exemplo.

A plataforma é uma das ferramentas de gestão dos ativos tecnológicos paranaenses da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, instituição responsável pelo projeto. Para catalogar sua organização ou iniciativa, é preciso acessar o site http://ptvparana.com e fazer o cadastro.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br