Enfim a nova rodovia

Em entrevista divulgada pelo governo do estado no site da Agência de Notícias, o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, José Richa Filho, afirmou que nas próximas semanas devem ter prosseguimento as etapas para garantir o início da construção da Faixa de Infraestrutura do Litoral.

Enfim a nova rodovia

O projeto é o de uma estrada paralela à PR-412, que dará acesso ao balneário de Pontal do Sul- Pontal do Paraná.

O secretário Pepe Richa disse que o próximo passo será o lançamento do edital, o que deve acontecer ainda este mês de janeiro. “O secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Pepe Richa, prevê que até o final deste mês será lançado o edital de licitação do projeto de construção da Faixa de Infraestrutura em Pontal do Paraná”.

O projeto prevê uma faixa de 24 quilômetros entre o entroncamento da PR-407(próximo ao posto da Policia Rodoviária Estadual) à região da Ponta do Poço.

O governo defende que a criação de toda essa infraestrutura vai permitir um melhor planejamento e crescimento das cidades do litoral.

Conforme o governo do estado, a obra da Faixa de Infraestrutura do Litoral deve custar R$ 369 milhões. O projeto já foi autorizado pelo COLIT (Conselho de Desenvolvimento Territorial do Litoral Paranaense), e segundo o governo está é uma obra é um pedido dos moradores e que o estudo ambiental apontou que não haverá impacto na Ilha do Mel. Um estudo prevê que a quantidade de veículos que utilizam a PR- 412 deve aumentar em 57% até 2027. Atualmente a PR-412 tem na temporada de verão uma média superior à de 25 mil veículos por dia e acima de 12 mil nas outras épocas do ano.

Ao longo da extensão da nova estrada estão projetadas vias de acesso para os balneários do Primavera, Ipanema, Shangri-lá e Vila Nova.
Varias entidades organizadas do município se movimentaram em prol da construção.

“ Pontal do Paraná vem crescendo a olhos vistos e a necessitando de uma infraestrutura. Hoje a rodovia PR-412 divide a cidade ao meio”, diz o secretário.

Embora existam algumas ONGS que tentam impedir o desenvolvimento do município e da região colocando impedimentos que não são verídicos, o governo do estado tem sem mostrado companheiro da população procurando aprovar e implantar projetos que beneficiarão os moradores, turistas e investidores do litoral, a exemplo da criação das ZEEs( Zoneamento Ecológico Econômico do Litoral do Paraná), Mudança do traçado da Poligonal, Aprovação do Plano Diretor de Pontal do Paraná, a aprovação do novo traçado da PR-412 e lançamento do edital de projeto para a Ponte de Guaratuba.

Nestes últimos anos o litoral tem tido alguns avanços por conta de investimentos do governo, dessa forma melhorando as condições litorâneas.