Delegacias poderão fazer audiências por videoconferência dentro de quarenta dias

Dentro de 40 dias, as Delegacias Regionais das 22 Subdivisões Policiais (SDP) de todo o Paraná estarão interligadas por meio de equipamentos de videoconferência para a realização, a distância, de registros de flagrantes, oitivas, audiências de custódia, reuniões de trabalho, entre outras atividades. O sistema foi adquirido por meio de emendas parlamentares e recursos direcionados pelo deputado Delegado Recalcatti (PSD).

Delegacias poderão fazer audiências por videoconferência dentro de quarenta dias

Parte dos 62 equipamentos adquiridos nesta primeira fase começou a ser entregue nesta quarta-feira (21) para os delegados subdivisionais que estiveram presentes à reunião da Divisão Policial do Interior (DPI), convocada pelo delegado-chefe Walmir Socio, em Curitiba. Depois das 22 cidades-sede de Subdivisões Policiais, em segunda etapa, as Delegacias das cidades-sede de Comarcas também serão interligadas ao sistema de videoconferência.

“Este será um grande avanço para os trabalhos de investigação e para a elucidação de inquéritos, permitindo a tomada de depoimentos de testemunhas, réus ou vítimas de forma rápida e sem necessidade de deslocamentos ou trâmite de papelada”, explicou o deputado. Segundo Recalcatti, parte dos investimentos foi realizada com recursos que solicitou ao Governo do Estado no ano passado. “Recebi essa demanda logo no início do meu mandato em meados de 2017, quando encaminhei o pedido para o Palácio Iguaçu, onde fui prontamente atendido”, afirmou. Ele explicou que, além de atividades entre Delegacias, o sistema poderá também ser interligado com o Judiciário, que já realiza audiências por videoconferência. “Neste caso, poderemos realizar audiências de custódia sem precisar deslocar os acusados”, destacou Recalcatti.

Delegado-geral – Durante a reunião desta quarta-feira, realizada na DPI, o diretor-geral do Departamento de Polícia Civil (DPC), Naylor Robert de Lima, que assumiu o cargo há duas semanas, conversou com os delegados subdivisionais pedindo apoio para o fortalecimento da instituição. Ele destacou o fato de o novo secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, Julio Cezar dos Reis, ter sido indicado para o cargo pela sua atuação à frente do DPC.