Orquestra Sinfônica do Paraná apresenta obra rara de Wagner

No programa Richard Wagner (Lorin Mazel) – O Anel sem Palavras. Stefan Geiger diz que execução dessa obra é rara no Brasil, pois requer uma orquestra muito grande como a OSP e também são necessários instrumentos especiais. No total são 8 trompas, sendo 4 tubas wagnerianas. “Há um trombone contrabaixo, que tem mais ou menos dois metros, um trompete baixo especial e 18 bigornas, que emitem um som singular”.

Em pouco mais de uma hora, a mais famosa ópera alemã será executada sem cantores, apenas com instrumentos. “Para mim é um grande momento e também é assim para os nossos músicos da orquestra, pois alguns deles terão poucas chances de repetir isso. Eu estou consciente de que este momento é único e fico muito grato por isso, especialmente pelo fato da obra ser de um músico alemão”, afirma Geiger.

RICHARD WAGNER (1813-1883) – Além de compositor era poeta, libretista, diretor de teatro, maestro e ensaísta alemão. É reconhecido como o principal compositor do romantismo, sendo grande sua contribuição para a reforma do teatro musical. Ao contrário da maioria dos outros compositores de ópera, Wagner, autodidata, sempre escreveu o libreto e o roteiro para suas obras.

Ele transformou o pensamento musical em sua ideia de Gesamtkunstwerk (obra de arte total), síntese de artes poéticas, visuais, musicais e dramáticas. Este conceito encontra sua realização no Festspielhaus de Bayreuth, o teatro que ele construiu para a representação de suas peças, onde o Festival de Bayreuth ainda é feito, completamente dedicado a ele.

O ANEL SEM PALAVRAS – O maestro Lorin Maazel selecionou aqueles que seriam os melhores momentos da ópera O Anel do Nibelungo, sob encomenda da Telarc Records, em 1987.

O trabalho de Maazel foi condensar as 17 horas de música Wagneriana em 1h15, relevando os momentos de maior paixão e dramaticidade, articulando vinte excertos do ciclo operístico, relevando os principais temas orquestrais a fim de preencher a ausência do texto e das vozes.

O MAESTRO – Stefan Geiger recebeu formação musical em Colonia, Trossingen, Bremen, Paris e Philadelphia. Foi bolsista da “Studienstiftung des deutschen Volkes” e ganhou prêmios em diferentes concursos internacionais.

Entre os trabalhos que promoveu junto à orquestra paranaense estão diversos concertos apresentados desde 2012, incluindo os concertos, tocados ao vivo, com projeção dos filmes: “As Aventuras do Príncipe Achmed”, de Lotte Reiniger, trilha sonora de Wolfgang Zeller; “Metropolis”, de Fritz Lang, trilha sonora de Gottfried Hupertz; “Marinheiro de encomenda”, de Buster Keaton, trilha sonora de Timothy Brock.

SERVIÇO – Concerto da Orquestra Sinfônica do Paraná – Duração 1h15.

Data: 4 (domingo).

Horário: 10h30.

Local: Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto – Guairão – Curitiba – Paraná.

Classificação: maiores de 7 anos.

Ingressos: R$ 20,00.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
  • Cotações do dia