Mais 22 municípios recebem novas ambulâncias para o Samu 190

Esta é quarta entrega de ambulâncias para o Paraná na atual gestão do Ministério da Saúde. Em pouco menos de dois anos foram 100 ambulâncias para 65 municípios. “Essa parceria do Governo do Estado com o governo federal nos ajuda a garantir um bom atendimento à população e a salvar mais vidas no Paraná”, afirmou o governador. “Saúde é o bem mais precioso que uma pessoa pode ter e, por isso, a dedicação e o empenho de cada um para dar um bom atendimento nesta área é essencial”, disse ele.

GARANTIA – O investimento nesse lote de ambulâncias é de R$ 83,9 milhões, informou o ministro Ricardo Barros. Até o fim deste ano deverão ser entregues, ao todo, 2.173 novos veículos para renovação e ampliação da frota em todo o Brasil – sendo 150 para suporte avançado (UTI).

“Havia muitos anos que não se renovava a frota do Samu, os veículos eram muto antigos. Agora vamos garantir que as ambulâncias estejam sempre dentro da garantia e com condições de prestar um atendimento à população de maior qualidade possível”, disse Ricardo Barros. Segundo dados do Ministério da Saúde, só nesta atual gestão da pasta foram repassados ao Paraná R$ 1,2 bilhão em recursos, para aplicação em diversas áreas.

Para a vice-governadora Cida Borghetti, o repasse de novas ambulâncias dá ainda mais destaque para o Estado. “O Paraná é o ente da federação que mais investe em saúde, e isso ocorre graças à prioridade à área dada pelo Governo do Estado e à parceria com o governo federal e os municípios”, disse ela.

CURITIBA – Das 26 ambulâncias entregues, quatro são para Curitiba. “Estamos renovando toda a frota do Samu”, disse o prefeito Rafael Greca. Hoje recebemos quatro, dias atrás foram outras quatro e logo virão outras tantas. Vamos fazer com que, até a metade do ano, as 15 ambulâncias que atendem o Samu sejam novas, graças ao trabalho em conjunto das três esferas”, afirmou o prefeito.

NO PARANÁ – De 2011 para cá, foram repassados aos 399 municípios 773 ambulâncias, adquiridas com recursos do tesouro estadual para as prefeituras, hospitais, serviços do Samu e do Siate. Além disso, foram repassados recursos para que as próprias prefeituras comprassem veículos.

No período houve uma grande expansão do Samu. Até 2011, o serviço atendia 15 cidades, somando 4,8 milhões de pessoas (44% da população do Estado). Em 2017, chegou a 336 o número de municípios integrados, beneficiando 9,8 milhões de pessoas (88% da população).

AVANÇOS – Na solenidade, o governador Beto Richa destacou outros grandes avanços registrados no atendimento em saúde no Paraná nos últimos sete anos. “Nos 10 anos que nos antecederam, cerca de R$ 6,7 bilhões foram investidos na saúde do Paraná. Durante os setes anos da nossa gestão, foram R$ 19 bilhões. Não basta apenas competência e sensibilidade se não houver recursos para colocar em prática todo planejamento e a implantação de politicas públicas na área da saúde”, afirmou Richa.

Ele citou a criação das redes Paraná Urgência e Mãe Paranaense, os investimentos para ampliar e reforçar o atendimento à saúde nos municípios, o apoio financeiro a hospitais públicos e filantrópicos.

Um diferencial destacado pelo governador foi o serviço aeromédico, criado há sete anos e que atualmente cobre todo o Estado. São cinco bases de operação do helicóptero – Curitiba, Cascavel, Londrina, Maringá e Ponta Grossa –, além do avião que fica baseado na capital. Eles agilizam o transporte de pacientes em situação de urgência e emergência, fazem resgate e transporte de órgãos para transplante.

“Já foram feitos mais de 10 mil atendimentos. Além disso, o Paraná passou da décima para a segunda posição no ranking de transplante de órgãos. Esperamos assumir a liderança neste ano”, ressaltou.

Entre os resultados dos investimentos está a redução de 21% na mortalidade por acidentes e de 7,5% por problemas cardiovasculares. A mortalidade infantil reduziu de 13,2 por mil nascidos vivos em 2010 para 10,5 em 2016. “Também tivemos a maior redução da mortalidade materna da história do Paraná, e a maior do Brasil”, finalizou o governador.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade os secretários de Estado da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Júlio Reis; do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, João Carlos Bonetti, e de Assuntos Estratégicos, Edgar Bueno; o líder do Governo na Assembleia, Luiz Claudio Romanelli; o presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche; os deputados federais Alex Canziani, Luciano Ducci, Leopoldo Meyer, Sérgio Souza, Luiz Hauly, Toinho Wandscheer e Carmen Zanotto; os deputados estaduais Tiago Amaral, Nelson Justus, Pedro Lupion José Carlos Schiavinato; o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, prefeitos de municípios do Paraná e vereadores de Curitiba.
Confira AQUI a lista de municípios contemplados com novas ambulâncias.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
  • Cotações do dia