Berço do Estado comemora 370 anos com fase regional dos Jogos Escolares do Paraná

O local que há 370 anos originou o que hoje é conhecemos como o nosso Estado, abriu nesta sexta-feira a temporada 2018 de Jogos Oficiais, com a Cerimônia de Abertura da primeira fase regional dos Jogos Escolares do Paraná. Muito mais que tricentenária, Paranaguá recebe a partir desta sexta-feira centenas de atletas que representam 31 estabelecimentos de ensino, dos 7 municípios do litoral paranaense, todos vinculados ao Núcleo Regional de Educação da região, o qual também tem sede em Paranaguá.

Berço do Estado comemora 370 anos com fase regional dos Jogos Escolares do Paraná

O berço do Estado tem verdadeira paixão pelos Jogos Escolares do Paraná. Desde o ano de 2012, Paranaguá passou apenas uma ocasião sem receber alguma fase dos JEPS, e em pleno ano de seu 370º aniversário, a festa não poderia ter sido em outro lugar! O evento teve início no Ginásio de Esportes Albertina Salmon, o grande complexo esportivo que abrigará a maior parte das modalidades em disputa nesta primeira fase.

Às 19h45 o cerimonial se iniciou com a entrada das delegações dos municípios litorâneos paranaenses, com alunos e professores devidamente uniformizados para honrar suas instituições de ensino. Após a execução do Hino Nacional Brasileiro, e também do Estado e do Município, a palavra foi passada para o Prefeito Marcelo Roque, o qual deu as boas vindas para todos os atletas e público presente ao Ginásio, desejando sucesso nas competições, e abrindo oficialmente a fase regional dos JEPS.

A partir deste momento as atenções se voltaram às grandes estrelas dos jogos: os estudantes presentes à Cerimônia. O parnanguara Pedro Farias da Silva, aluno-atleta do futsal do Colégio Nova Geração, teve a honra de carregar o fogo simbólico por toda a extensão do Albertina Salmon até o acendimento da pira olímpica.

Além de Pedro, outra atleta local, Adrielly Xavier Godói, estudante do Colégio Estadual Alberto Gomes Veiga, também representou o coletivo de alunos-atletas de Paranaguá ao fazer o Juramento do Atleta, sendo seguida por todos os estudantes presentes ao evento. Devido à forte emoção durante o juramento, Adrielly chegou a pausar o discurso, mas teve o apoio de todos para continuar sua fala até o final.

“É uma responsabilidade muito grande fazer o juramento, e falar na frente de todos dá um certo nervosismo”, comentou Adrielly, que se superou para enfrentar aquela experiência, assim como já faz quando está em quadra, o que com certeza a traz muito mais tranquilidade. “É muito bom participar dos Jogos! O esporte é uma coisa maravilhosa!”, concluiu a campeã parnanguara do Voleibol.

As palavras de Adrielly só confirmam a visão de Maurício Evangelista, coordenador de Educação Física do NRE de Paranaguá. “A gente sabe que o início do esporte é na escola”, disse Maurício, que complementou: “Através dos projetos que as escolas da regional desenvolvem, estas crianças criam uma paixão ainda maior pelo esporte, e consequentemente vêm com muita expectativa para participar destes eventos”.

Representação completa dos municípios da Regional:

O preparo do município para os JEPS não se resume apenas à boa estrutura esportiva, que possui 4 palcos para receber as disputas entre os alunos-atletas. A própria delegação local veio com força para buscar vaga na fase macrorregional: nada menos que 15 escolas da cidade-sede estão sendo representadas nos JEPS.

“Paranaguá tem um trabalho muito bom com o esporte nas escolas, através dos professores dos colégios estaduais e particulares, então o potencial de medalhas é muito grande”, afirmou o professor José Luiz Moreira, coordenador-técnico da fase regional dos JEPS no litoral paranaense. “Recentemente a cidade realizou a fase municipal dos Jogos Escolares para ver quais as melhores equipes entre as escolas que iriam representar o município nesta fase Regional. Quem sabe elas podem continuar este trabalho até mesmo na fase macrorregional, que vai acontecer no próximo mês em São José dos Pinhais”, complementou Moreira, que também destacou a força das outras cidades litorâneas que chegam com tudo para os JEPS.

“Matinhos tem um trabalho muito bom em diversas modalidades, assim como Guaratuba, que vem formando diversas equipes, o que é um resultado natural de uma cidade que também vem sediando muitas competições do Governo do Estado. Morretes tem tradição no voleibol, Antonina é muito forte no Handebol, e Pontal do Paraná vem sempre muito forte no basquetebol, pois tem um trabalho muito bem feito no município. Em todas as cidades, há pelo menos um grande destaque em cada modalidade”, disse Moreira.

Uma grande novidade para a edição de 2018 dos Jogos Escolares do Paraná, é o retorno de alunos-atletas da Ilha de Superagüi, à fase regional. “Para nossa satisfação, estamos com 7 municípios do litoral participando dos Jogos Escolares, já que Guaraqueçaba voltou a contar com uma escola participante depois de 3 anos ausente”, comemorou Moreira. A boa notícia também foi celebrada por Maurício Evangelista, do NRE de Paranaguá: “É uma satisfação contar com os alunos do Colégio Superagüi novamente nesta fase regional dos JEPS. Além deles também temos a honra de contar com a presença de alunos da Ilha do Mel, que representam seu colégio e sua comunidade com a participação nesta edição.