Portos do Paraná promovem curso de sustentabilidade

Cerca de 50 pessoas participaram nesta terça-feira (05) da formação, que explorou três temas principais: Emergências Químicas, Educação Ambiental na Prática e Atendimento de Animais em Casos de Emergências Ambientais.

Portos do Paraná promovem curso de sustentabilidade

A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) promoveu nesta terça-feira (5) – Dia Mundial do Meio Ambiente – a segunda edição do curso Sustentabilidade na Gestão Portuária. O evento ocorreu na sede do órgão, em Paranaguá, e foi aberto à comunidade da região litorânea do Estado.

Cerca de 50 pessoas participaram da formação, que explorou três temas principais: Emergências Químicas, Educação Ambiental na Prática e Atendimento de Animais em Casos de Emergências Ambientais.

O evento integra a programação da Semana do Meio Ambiente promovida pela Appa. A comunidade de Antonina também receberá o curso nesta quarta-feira (6).

Um dos participantes foi o administrador Rafael Correia do Rosário, que encontrou no curso a oportunidade de novos conhecimentos para agregar ao seu projeto de mestrado. “O Porto de Paranaguá e um exemplo significativo de investimentos na área ambiental. E discutir isso, hoje, não é somente tarefa de grandes empresas, mas de todas as pessoas, porque todas são responsáveis pelos impactos ambientais”, disse.

COMUNIDADE MAIS PRÓXIMA – A realização do curso, de forma aberta à comunidade, indica a preocupação por aproximar a gestão portuária da comunidade local. “Ao lado dos sucessivos recordes que os portos paranaenses têm batido, existe a preocupação com a valorização da natureza. E quando há essa parceria entre a administração e a população, esse trabalho se torna ainda mais significativo e eficaz”, afirmou o diretor-presidente da Appa, Lourenço Fregonese.

A FORMAÇÃO – O minicurso teve duração de quatro horas. Inicialmente, os participantes aprenderam sobre Emergências Ambientais, com o palestrante André Wolinski, que é gestor operacional da Albriggs.

Na sequência, foi a vez da professora da Unespar, Mariana Lacerda, falar sobre Educação Ambiental na Prática. Por último, as responsáveis pelo atendimento à fauna petrolizada dos portos paranaenses, Danyelle Stringari e Leticia Koproski, explicaram sobre Atendimento de Animais em Casos de Emergências Ambientais.

REFERÊNCIA – Nos últimos anos, os portos do Paraná se tornaram exemplos no cuidado com o meio ambiente. Em 2017, o Porto de Paranaguá ultrapassou a marca de 60 programas ambientais desenvolvidos na região e foi eleito o primeiro colocado do Brasil no Índice de Desempenho Ambiental (IDA), avaliado pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). Recentemente, a Appa atingiu, também, a marca de 58 mil ações em defesa da natureza.

Segundo o diretor de Meio Ambiente da Appa, Bruno da Silveira Guimarães, todos esses resultados são fruto de uma preocupação crescente com o desenvolvimento sustentável. “Temos comprovado que é possível aliar o crescimento econômico com a preservação dos recursos naturais e queremos compartilhar essas experiências e reunir todas as contribuições possíveis para que continuemos sendo referência nesse quesito”, afirmou.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br