Portos do Paraná concluem mais uma etapa de reformulação

“Os novos colaboradores fazem parte do novo Plano de Cargos e Salários, que atende a transformação da Appa de autarquia em empresa pública. Essa mudança jurídica exigiu uma modernização do quadro funcional com um organograma mais completo e voltado para a atividade portuária”, explica o diretor-presidente da Appa, Lourenço Fregonese.

Desde 2014, quando a Lei Estadual 17.895/2013, regulamentada pelo Decreto Estadual nº 11.564/2014, transformou a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina em empresa pública, a Appa trabalha para garantir um corpo funcional qualificado e diversificado.

Em 2016, foram criadas 28 vagas para analistas portuários com formação superior em as áreas de administração, direito, tecnologia da informação, biologia, contabilidade, economia, engenharia e comunicação. O concurso público atendeu uma demanda histórica, depois de 29 anos da última seleção para nível superior, em 1988.

Para nível médio, o último concurso ocorreu em 2007, quando foram admitidos 62 funcionários.

INTEGRAÇÃO – Entre 4 e 8 de junho, os novos funcionários participaram de uma semana de integração e receberam informações sobre a história dos portos, movimentação de cargas, órgãos fiscalizadores, rotinas operacionais, situação jurídica da empresa, atribuições das diferentes áreas e diretorias, obras e projetos em andamento. O grupo também discutiu questões de saúde, segurança no trabalho e cuidados com o meio ambiente.

A intenção, além de apresentar o novo ambiente de trabalho, é promover a aproximação entre os profissionais e facilitar a adaptação nas equipes. “Foi muito bom conhecer meus colegas e saber mais sobre a realidade do porto. Me ajudou a entender melhor as diferentes relações que a empresa tem com toda comunidade”, disse o assistente administrativo Nelson Alves Rodrigues.

A maioria dos aprovados é natural de Paranaguá, mas também vieram profissionais de Morretes, Curitiba, Guarapuava, Londrina, Salvador e Rio de Janeiro.

Ao todo, foram convocados 21 agentes administrativos de segurança, sete assistentes administrativos, 10 técnicos portuários para operação aduaneira e logística e quatro técnicos de segurança do trabalho. Sete aprovados desistiram das vagas e a nova abertura do edital de convocação foi publicada no Diário Oficial em 08 de junho.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
  • Cotações do dia