Denuncia Ambiental

Acompanhe o relato do senhor Voigt… “Por dois domingos de agosto – 12/8 e 19/8 – eu flagrei a embarcação El Shaday K, de Itajaí (SC), matrícula Capitania dos Portos N. 4430120943, fazendo pesca com 3 redes ao cercando por completo a ilha da Figueira. Quase não há policiamento ambiental no local. Fiz uma imagem para ilustrar a disposição das redes nesses dias. Sou um apaixonado pela Ilha da Figueira. É um paraíso na terra a apenas 50km de distância por mar de Paranaguá. Esse tipo de coisa tem o poder de acabar com a vida marinha da região. Eu nunca tinha visto isso nos mais de 10 anos que frequento a Ilha da Figueira, pescadores do Paraná não fazem isso. Por isso, quero divulgar o ocorrido, para que o caso ganhe a importância merecida”.

A Ilha da Figueira é um dos poucos lugares no estado do Paraná que permitem a pesca esportiva (com varas) e pesca submarina. No local, não são permitidas a pesca profissional e nem com redes, porque há muita vida marinha. Além de variadas espécies de peixes, existem muitas tartarugas, golfinhos e arraias que circulam pela região. As redes são permitidas apenas a mais de 300m de distância de praias ou ilhas, como a Figueira.

Alphonse Voigt afirma que já fez as denuncias nos órgãos responsáveis.

No momento dessa denuncia perguntamos, onde estão os ditas ongs que se dizem defensores do litoral paranaense. Ou essa ilha não é de interesse só porque fica longe de qualquer empreendimento que possa gerar discussão e lucros para essas entidades.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
  • Cotações do dia