Com tecnologia, Fazenda Rio Grande planeja desenvolvimento socioeconômico

Com a economia que mais cresce nos últimos anos na Região Metropolitana de Curitiba e a décima no Paraná, Fazenda Rio Grande também quer entrar para o ranking das melhores cidades para se viver. De acordo com levantamento feito pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social (Ipardes), com dados do IBGE, o município viu crescer sua economia em 145,2%, acima da média do Estado – o Produto Interno Bruto (PIB) do Paraná cresceu 67,4% entre 2010 e 2015.

O aumento populacional – 10% ao ano, segundo dados oficiais da Prefeitura – é outro fator que mobiliza poder público e entidades locais para os desafios a serem enfrentados. Segundo o presidente da Associação Comercial e Industrial de Fazenda Rio Grande, Gastão Fabiano Gonchorovski, até a metade do ano deve ser votada no município a criação de um conselho/agência de desenvolvimento.

Tendo como modelo a organização de Maringá, que inspira muitos municípios brasileiros, o presidente da ACINFAZ explica que o objetivo é envolver a sociedade civil organizada para discutir e auxiliar o Executivo na tomada de decisões que favoreçam o desenvolvimento socioeconômico.

Para isso, encontra-se em fase de implantação o Programa de Desenvolvimento Econômico Local (Prodec), lançado no ano passado, responsável pela coleta de dados e informações acerca do potencial e necessidades do município. “Fazenda é um ambiente muito fértil, temos uma população jovem e as pessoas que moram aqui apostam na cidade. A ACINFAZ também é uma das entidades que mais cresce no Estado. A partir desse conselho ou agência de desenvolvimento, é que começaremos a planejar o município para os próximos 30 anos”, resume o presidente da ACINFAZ.

Com cerca de 100 mil habitantes e localizada a 30 km da capital, Fazenda Rio Grande também passa a fomentar a modernização dos demais municípios ao sediar, no próximo dia 07 de fevereiro, o III Fórum de Cidades Digitais da Região Metropolitana de Curitiba, promovido pela Rede Cidade Digital (RCD) em parceria com a Prefeitura Municipal de Fazenda Rio Grande.

Na ACINFAZ, prefeitos, gestores públicos e vereadores se reúnem para tratar de formas e soluções que melhorem os processos a partir de investimentos em tecnologia. “Queremos que a tecnologia seja uma das principais aliadas para Fazenda Rio Grande se desenvolver. E esse evento vem consolidar uma nova fase. Estamos muito felizes em atender toda a Região Metropolitana. Teremos um entendimento do que a tecnologia pode melhorar nas nossas cidades”, comenta.

O Fórum reunirá prefeitos, gestores públicos, vereadores e empresários, trazendo modelos em andamento nos municípios, políticas públicas e soluções de mercado. O diretor da RCD, José Marinho, lembra a importância da troca de experiências como forma de facilitar a adoção de ferramentas que facilitem a vida das pessoas. “Principalmente para pequenas e médias localidades porque não há vidas apenas em capitais. A tecnologia é transversal na administração pública e imprescindível nos dias atuais para desenvolver as localidades, gerando recursos, economia e melhorias no atendimento ao cidadão e empresas”, reforça.

As inscrições para o III Fórum de Cidades Digitais da Região Metropolitana de Curitiba são gratuitas para servidores públicos e podem ser feitas pelo http://forum.redecidadedigital.com.br. O encontro tem o patrocínio da 1DOC, GOVBR, Inovadora Sistemas e CTMGEO, além do apoio da ACINFAZ, da Associação Brasileira de Empresas de Soluções de Telecomunicações e Informática (ABEPREST) e da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação – regional Paraná (ASSESPRO-PR).

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email