Setor de gastronomia e lazer precisa se reinventar – por Fábio Aguayo

O setor de gastronomia e lazer está com uma das melhores expectativas para o final do ano. Todos os envolvidos estão empolgados com as mudanças que virão a partir de 2020. Já no segundo semestre teremos os resultados do crescimento econômico somado aos impactos da reforma da Previdência e a Tributária, que deverá sair ano que vem.

Acreditamos que a partir do dia 23 de novembro de 2019, a final da Copa Libertadores estará mobilizando não só os bares do Rio de Janeiro e os estados onde o futebol carioca tem presença, mas também em Curitiba e em todo o Parana.

Os bares estão se mobilizando, por que será uma nova era. Acreditamos que o setor, a partir de agora, até março, sofrerá uma grande mudança e a necessidade de adaptação é eminente e urgente.

Com a tendência de término da crise econômica, caso a macroeconomia global permita, a criatividade e experiencia do usuário passa a ser fator de sobrevivência, principalmente em nosso setor, onde não se pode aumentar os preços. É necessário criar alternativas para atrair novos clientes.

Temos que atraí-los de alguma forma, e isso só se faz com novas experiencias e bom conteúdo, seja gastronômico, lúdico, musical ou instrutivo. Promoções, preços bons e atendimento de qualidade são imperativos.

Não tem outra alternativa senão se reinventar, é a tendencia mundial que se vê em Londres, Alemanha e Estados Unidos.

Nestes próximos quatro meses, é necessário se adaptar também a falta do horário de verão, quando as pessoas saíam mais cedo para voltar a seus lares.

(*) Fábio Aguayo é vice-presidente de Relações Institucionais e Governamentais da Feturismo e diretor nacional da CNTur.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
  • Cotações do dia
Detran-PR realiza Semana Paraná Inovador junto com o Governo do Estado

Detran/PR – Nota de esclarecimento

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR), reforça que a empresa Combo Logística e Transporte Eireli, iniciou suas operações no…