Porks lança projeto de expansão em Curitiba com previsão de abertura de 10 novas unidades

A projeção do empreendimento é alcançar a marca de 25 unidades no Brasil ainda em 2020, atingindo um faturamento de R$ 20 milhões até o final do ano

Sucesso em todo Brasil, com bons resultados nas doze unidades espalhadas pelas cidades de Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Brasília (DF) e Águas Claras (DF), a rede curitibana Porks – Porco & Chope, grande fenômeno e referência do segmento, acaba de anunciar seu novo projeto de franchising, que terá início por uma expansão audaciosa na capital paranaense. Até o fim de 2020, a rede de pubs espera vender pelo menos mais 10 unidades na cidade, onde já tem quatro lojas em funcionamento.

A projeção do empreendimento, considerado a maior rede especializada em carne suína do país, é alcançar a marca de 25 unidades no Brasil ainda em 2020, atingindo um faturamento de R$ 20 milhões até o final do ano. No ano de 2019, a rede curitibana registrou a expressiva marca de 10 toneladas de carne de porco e 25 mil litros de chope artesanal comercializadas ao mês. A expansão audaciosa da rede Porks – Porco & Chope se baseia nos números positivos que o mercado de franchising oferece ao setor de fast food, além dos aspectos financeiros extremamente favoráveis para quem quer investir em franquias após a constante diminuição da taxa Selic no Brasil.

Para abrir uma unidade do Porks, o investimento inicial parte de R$ 125 mil. As lojas devem ser instaladas em espaços com área de, pelo menos, 60 metros quadrados. O faturamento médio mensal é de 100 mil reais, com lucratividade em torno de 15%. O prazo de retorno do capital investido é estimado entre 8 e 12 meses. “Devemos inaugurar de uma a duas lojas por mês na capital paranaense até o final de 2020, trabalhando sempre com produtos artesanais locais”, conta José Araújo Netto, fundador da rede Porks – Porco & Chope. “A revalorização da carne de porco é uma tendência em todo o mundo, e o Brasil tem um mercado gigante a ser explorado nesse sentido”, complementa ele.

No cardápio da rede estão dezenas de preparos com carne suína, desenvolvidos com excelência para democratizar o consumo no Brasil, e muito chope artesanal, tudo isso comercializado com preços acessíveis (entre R$ 8 e R$ 15), que cabem em todos os bolsos. Entre os destaques do menu se destacam o Porks Bacon Burger (R$ 12), preparado com burger de costelinha de porco, creme de cheddar e tiras de bacon crocante; o Pernil Municipal (R$ 12), um sanduíche de pernil de porco marinado por 12h, coberto por queijo mozzarella e cheiro verde; o Pork Burrito (R$ 16), novidade da casa, feito com burrito mexicano recheado com pernil desfiado, cheddar, sour cream, cebola caramelizada e chips de batata; e a Porkspóca (R$ 10), pururuca de porco crocante temperada com sal de lemon pepper.

De acordo com Araújo Neto, além dos sabores irresistíveis e do preço acessível, o sucesso das franquias da rede se deve ao modelo de negócio internacional utilizado pelo empreendimento, que aposta em uma operação enxuta e descolada, sem garçons, e com preparos que podem ser consumidos nas mesas ou, até mesmo, na rua. “Nosso modelo de negócio prioriza a experiência única, com muita agilidade no atendimento”, explica. “Para isso, a casa trabalha com preparos deliciosos, que exploram toda versatilidade da carne de porco, e de fácil consumo”, completa o empresário.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
  • Cotações do dia