Handebol é beneficiado com 108 bolsas do Programa Geração Olímpica 2020

Da redação, Jaqueline Galvão – Com o intuito de identificar, valorizar e estimular o desenvolvimento de talentos esportivos, o Governo do Paraná criou em 2011 o maior programa de incentivo ao esporte em nível estadual do país para técnicos e atletas da base ao alto rendimento – o Geração Olímpica, que na atual edição conta com um investimento de R$ 4,75 milhões da Companhia Paranaense de Energia (Copel).

Das 1.245 bolsas-auxílio deste ano, 108 beneficiam a modalidade de handebol. Deste total, 73 contemplam atletas na categoria Formador, 17 na Estadual EAD, nove na Nacional, duas na Técnico e sete na Técnico Formador Escolar. Os valores variam de R$ 200 a R$ 1,5 mil e atendem desde adolescentes matriculadas na rede estadual de ensino a técnicos e atletas de nível olímpico e paraolímpico.

Com um trabalho voltado para as categorias menores, Santo Antônio do Sudoeste vem se destacando a nível estadual, conquistando espaço entre as principais seleções de base. Na 9ª edição do Geração Olímpica, a cidade de pouco mais de 20 mil habitantes teve 19 jogadoras contempladas, sendo que oito receberão a bolsa pela primeira vez. “Esse suporte financeiro é um ótimo incentivo para elas, porque muitas teriam que abandonar o esporte para trabalhar e ajudar com as despesas da família. Tenho algumas meninas que não teriam esse dinheiro sobrando para comprar alguns equipamentos de uso de treino e competições, então essa bolsa é muito bem-vinda. É como se fosse um prêmio pelas conquistas e pela dedicação delas, ajuda muito para que se firmem no esporte”, enfatizou a técnica Leonilda Silva (Nidi).

Da equipe de Mercedes, 23 esportistas foram agraciados com a bolsa-auxílio, destes, 15 são do elenco masculino, comandado pelo técnico Marlon Neves, o qual é pelo primeiro ano bolsista do programa. “Praticamente todos das categorias sub-14 e sub-15 foram beneficiados. Pra nós isso demonstra que estamos conseguindo desenvolver um bom trabalho com essas crianças, porque todos os contemplados realmente participaram de cada conquista que tivemos no último ano. Além disso, nós sabemos que para jogar handebol é necessário ter um tênis apropriado, então com essa bolsa os atletas conseguem comprar seu material esportivo, o que incentiva eles a continuarem treinando, além de estimular as demais crianças à prática esportiva”, expôs Neves, ressaltando: “Como técnico me sinto reconhecido, motiva a gente a continuar fazendo cada vez mais e melhor nosso trabalho”, frisou.

O camisa 15 do time mercedense, Gilberto Schueroff Schmidt, recebe o benefício pela terceira vez e fala da importância que esse recurso tem para continuar se dedicando ao esporte que tanto ama. “É muito bom ter a bolsa-auxílio, porque uso pra comprar tênis, meias, shorts e camisas pra treinar e pra levar pros jogos, materiais que eu mesmo posso escolher. Fiquei muito contente quando soube que seria mais uma vez bolsista, acredito que além de um incentivo pra nós atletas é um reconhecimento, pois me dedico bastante nos treinos e nos jogos, mesmo morando no interior sempre dou um jeito pra ir treinar”, declarou o armador esquerdo.

Do Colégio Estadual Antônio Teodoro de Oliveira, de Campo Mourão, são bolsistas da 9ª edição do programa 10 atletas e a professora Diva de Oliveira Pinguelli. “Vejo a bolsa como uma forma de reconhecimento, principalmente para os atletas que dependem dela para continuar sua participação no esporte. Com certeza teria perdido algum atleta para o mercado de trabalho se não fosse esse incentivo e, como consequência, não teríamos conseguido mais um título nos Jogos Escolares, pois alguns atletas como o João Mateus e o Yago são bolsistas desde os 13 anos”, destacou Diva.

Com nove atletas bolsistas na categoria nacional, das quais duas não integram mais o grupo para a temporada 2020, o técnico da equipe feminina adulta de Cascavel, Neudi Zenatti, diz que o programa é de extrema relevância por ajudar a manter as atletas em atividade, evitando sua evasão das quadras. “Essa bolsa incentiva cada vez mais as equipes a participarem de competições, haja vista que pela quantidade de campeonatos que Cascavel participou e pelos resultados que obteve pôde ter suas atletas contempladas pelo programa, além, é claro, para o desenvolvimento da modalidade e para manutenção das atletas, a fim de continuem se dedicando ao esporte”, avaliou.

Além destas, o técnico cascavelense Marcos Galhardo e mais duas jogadoras na categoria Estadual EAD foram beneficiadas pelo programa.

Por sua vez, da região Norte do Estado, sete jogadores da equipe de Cambé receberão pela primeira vez a bolsa-auxílio, dois integram o time sub-18, três o sub-17 e dois o sub-16. Para o treinador Rodolfo Rodrigues de Moraes (Cyborg) que, há alguns anos também recebeu a bolsa como atleta, é um estímulo a mais para continuarem no esporte. “É muito importante para manter esses jogadores ativos, treinando e competindo, pois a região em que trabalho é muito carente, perco muitos atletas para o mercado de trabalho, e com a bolsa conseguem se manter”, expôs.
Todos os beneficiados receberão uniforme oficial que identifica os bolsistas e os selecionados das categorias Formador Escolar e Estadual EAD deverão enviar relatórios de desempenho escolar e esportivo, ao passo que nas demais categorias é exigido apenas a apresentação dos resultados esportivos.

Confira a relação dos contemplados no handebol na edição 2020 do Programa Geração Olímpica do Paraná:
Categoria Formador Escolar
Allan Yan Thomaz Velho da Silva – Campo Mourão
Alessandro Rodrigues Paiano – Campo Mourão
Alice Dolny Flores – Mercedes
Amanda Mara Sguarezi Galvani – Santo Antônio do Sudoeste
Ana Carla Azevedo – Jardim Alegre
Ana Clara Giongo Vargas – Santo Antônio do Sudoeste
Ana Clara Nascimento Machado Dias – Ourizona
Ana Cláudia da Silva – Mercedes
Ana Gabriele Bertolo – Santo Antônio do Sudoeste
Ana Helena Puchalski Duarte – Santo Antônio do Sudoeste
Ana Julia Botaro Sanches – Floraí
Ana Julia da Paz Zarutzki – Curitiba
Andriel Alves de Oliveira – Mercedes
Anne Carla Ribeiro da Silva Salvalagio – Floraí
Barbara Jolie Schvingel Scott – Santo Antônio do Sudoeste
Beatriz Gomides Moro – Santo Antônio do Sudoeste
Brunna Pereira Martins – Mercedes
Caio Lima – Campo Mourão
Camile Maraschin – Santo Antônio do Sudoeste
Eduarda Luiza Pereira da Silva – Mercedes
Eleonora Fernanda Vingra Calegario – Santo Antônio do Sudoeste
Erika Bianca Bussimone Dusman – Mercedes
Fernanda Vitoria Berna – Santo Antônio do Sudoeste
Gabriel Henrique Porto – Mercedes
Gabriela Becker da Gama – Curitiba
Gilberto Schueroff Schmidt – Mercedes
Giovani Camargo dos Santos – Mercedes
Guilherme Jean Gutjahr – Mercedes
Gustavo Damaceno Souza – Astorga
Gustavo Henrique da Silva Cezar – Campo Mourão
Gustavo Henrique Filomeno dos Santos – Campo Mourão
Gustavo Henrique Muller – Mercedes
Higor Tiago Moraes Lipo – Ourizona
Isabella Sabdott da Paz – Curitiba
Isabele Beatriz Assis de Souza – Jardim Alegre
Isadora Giacomet de Medeiros – Santo Antônio do Sudoeste
Jean Carlos Gomes dos Santos – Mercedes
Jessica Itati Dias – Santo Antônio do Sudoeste
Jéssica Muniz de Sousa – Maringá
João Guilherme Packer da Silva – Mercedes
João Victor Valério da Silva – Campo Mourão
João Vitor Pardim Soares – Cambé
Karol Allanis Irber dos Reis – Santo Antônio do Sudoeste
Lucas Ferreira Nunes dos Santos – Mariluz
Lucas da Silva Santos – Mercedes
Lucas Gabriel da Palma – Campo Mourão
Luana Karina Hamilton Albano – Mercedes
Luara Maisa da Silveira – Santo Antônio do Sudoeste
Mailon Alves de Andrade – Campo Mourão
Maressa Placido dos Santos – Mariluz
Maria Eduarda Bandeira Machado – Santo Antônio do Sudoeste
Maria Eduarda Falcão Rodrigues – Quatro Barras
Maria Luiza Pastro Vitto – Curitiba
Matheus de Andrade Vieira – Mercedes
Milena Kemmerich – Mercedes
Míriam Pilati Bochnia – Guarapuava
Murilo Gabriel Rauber Foster – Mercedes
Natali Rodrigues Teixeira – Jardim Alegre
Natalia Montanha – Santo Antônio do Sudoeste
Natan Adhonay Alves de Medeiros – Cambé
Rafaella Lima de Araújo – Mariluz
Rhuan Henrique Pereira Ferreira – Mercedes
Samara Emanuele Belizario – Jardim Alegre
Samuel Moenster Alves Pereira – Mercedes
Samuel Schmidt – Mercedes
Thayssa Keli da Silva – Mercedes
Tauani Maiara Crespan – Santo Antônio do Sudoeste
Valeska Brum Campos da Silva – Santo Antônio do Sudoeste
Victoria Bulla Ronco – Maringá
Vitoria Vieira Besson – Santo Antônio do Sudoeste
Vitor Hugo Alves Pereira – Cambé
Vitor Urias Macedo – Cambé

Categoria Estadual EAD
Alan Caetano Testi – Francisco Alves
Alice Dolny Flores – Maringá
Camily Victoria Haus Barbosa – Cascavel
Fernanda Oliveira de Sousa – Cascavel
Gabriel Josepetti da Costa – Maringá
Gabriela Vitória da Silva – Maringá
João Mateus Pinguelli Sodré – Campo Mourão
Juan Pablo dos Santos Prado – Cambé

Lauani Pereira Rocha – Maringá
Manuela da Costa Pellin – Santo Antônio do Sudoeste
Maria Victoria de Oliveira – Maringá
Mateus Henrique da Silva Frias – Sarandi
Pablo Antunes de Freitas – Sarandi
Rômulo Juarez Laner de Souza – Cambé
Vitor Hugo Brito de Araújo – Cambé
Vitoria Carolina da Silva Lorenzato – Sarandi
Yago Henrique da Silva – Campo Mourão

Categoria Nacional
Andreza Costa Almeida – Cascavel
Bruna Matos de Jesus – Cascavel
Dayane Ellen Alves Sirino – Cascavel
Maryana Vieira Bosio – Cascavel
Melissa Yedda Simão Alexandre – Cascavel
Nathália Rafaele Nascimento Fraga – Cascavel
Pâmela Beatriz Elesbão – Cascavel
Rosângela da Silva Cruz – Cascavel
Thais Adrielle Fermo – Cascavel

Categoria Técnico
Marlon Aguiar de Araújo – Maringá
Marcos Galhardo – Cascavel

Categoria Técnico Formador Escolar
Diva de Oliveira Pinguelli – Campo Mourão
Eliane Cristina Carneiro – Ivaí
Fabio Rodrigo Marinzeck – Jardim Alegre
José Renato de Oliveira Miranda – Guarapuava
José Roberto dos Santos Lima – Curitiba
Levi Alves de Andrade – Mariluz
Marlon Neves – Mercedes

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
  • Cotações do dia