Retomada de investimentos e de obras são fundamentais ao turismo do litoral

Ações e projetos de melhoria da infraestrutura estão paralisados por interferência de Ongs e do próprio MP, afirmam entidades

A retomada dos investimentos e das obras de infraestrutura são fundamentais para o turismo e o desenvolvimento econômico e social do litoral paranaense. A avaliação é de representantes de entidades das áreas de gastronomia e entretenimento e turismo, que apoiam a audiência pública que será realizada nesta segunda-feira (21) pela Assembleia Legislativa do Paraná.

As entidades do turismo, especialmente a Abrabar e SindiAbrabar, Feturismo, CNTur, entre outras, tem que defender o governo do Estado para essa retomada do litoral paranaense. “O líder do governo (deputado Hussein Bakri) tem toda razão de questionar as Ongs e até o Ministério Público que tentam atrasar o desenvolvimento”, afirma Fábio Aguayo, presidente da Abrabar.

“O progresso é importante para o litoral que ficou muito tempo atrasado”, dizem as entidades. Que lembram que no Nordeste e mesmo no Sul do país, como o estado de Santa Catarina, tem avançado nas obras de melhoria da infraestrutura para o turismo.

“O setor do turismo será a mola do crescimento de todos esses países que hoje estão em recessão. Quando passar a pandemia, as pessoas vão precisar viajar, conhecer outros lugares”, ressaltou Aguayo. Ele reforçou que a meta agora é o turismo regional, que precisa ser fortalecido.

Aguayo lembra que as entidades, no início do ano passado, pediram ao governador Ratinho Junior que assinou medida retirando diversas atribuições e extinguindo o Conselho de Desenvolvimento Territorial do Litoral Paranaense (Colit). O órgão travava a maioria dos projetos de obras na região do litoral.

Em março de 2019, uma campanha defendeu a retomada da licitação e a execução da rodovia em Pontal do Paraná, a chamada Faixa de Infraestrutura, entre outras ações, como a engorda da praia de Matinhos. O movimento “SOMOS TODOS LITORAL: Sem infraestrutura não tem turismo – #salveolitoral” reuniu 16 entidades de classe.

Audiência
Os projetos de obras e investimentos no Litoral do Paraná, em especial a engorda da orla de Matinhos, serão tema de audiência pública nesta segunda-feira (21), às 19h com transmissão ao vivo pela TV Assembleia, canal 10.2 em tv aberta e 16 pela Claro/Net, além do site e redes sociais do Legislativo.

O evento, proposto pelo presidente Ademar Traiano (PSDB), primeiro secretário Luiz Claudio Romanelli (PSB) e o líder do Governo, Hussein Bakri (PSD), terá participação de representantes do Executivo e Legislativo estadual, sociedade civil organizada do Litoral, entidades comerciais locais e demais esferas do poder público.

Contexto
Maior projeto de reurbanização do Litoral e um dos maiores de infraestrutura do Paraná, a revitalização da orla de Matinhos foi anunciada pelo Governo com um investimento de R$ 513 milhões. A intenção é que processo de licitação ocorra ainda neste ano e as obras comecem em 2021.

Outro ponto que deve ser abordado no debate é o projeto do Governo do Estado para a construção da Ponte de Guaratuba. O edital de licitação, de R$ 12,7 milhões, para a escolha do consórcio de empresas para a realização dos estudos ambientais e execução do projeto de engenharia da ponte foi lançado pelo governo, mas uma decisão da Justiça, suspendeu o processo.

Uma obra já anunciada, em agosto, pelo Governo do Estado, e que conta com recursos da economia da Assembleia Legislativa do Paraná, é a duplicação da Avenida JK (PR-412), em Matinhos. O investimento é de R$ 34,57 milhões.

Outro projeto de duplicação que beneficia o Litoral vai ampliar a capacidade de tráfego em 13 quilômetros da PR-407, entre os quilômetros 6 e 19, de Paranaguá até Praia de Leste, em Pontal do Paraná.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
  • Cotações do dia