Cattalini Terminais é recertificada no Sistema de Gestão Integrado

A Cattalini Terminais Marítimos acaba de ser recertificada em três normas que compõem o Sistema de Gestão Integrado (SGI): a ISO 14001:2015 (Sistema de Gestão Ambiental), a ISO 9001:2015 (Sistema de Gestão da Qualidade) e a ISO 45001:2018 (Sistema de Gestão da Saúde e Segurança no Trabalho).

Para o diretor-presidente da Cattalini, José Paulo Fernandes, as recertificações são um importante marco para a empresa, porque demonstram todo o esforço empreendido para deixar o SGI cada vez mais consolidado, principalmente, direcionado para as questões de sustentabilidade do negócio.

nossa gestão precisa estar, cada vez mais, olhando para fora dos nossos muros e considerando todas as partes envolvidas para conduzirmos os nossos negócios, tais como, os nossos clientes, acionistas, a comunidade do entorno e os nossos colaboradores”, declarou.

Neste ano, a Cattalini completa 20 anos da sua Certificação do Sistema de Gestão Ambiental, ISO 14001. As demais certificações, ISO 9001 e ISO 45001 foram conquistadas em 2009 e em 2013, respectivamente.

As certificações do SGI são ferramentas indispensáveis para quem busca a melhoria contínua. É um compromisso firmado diante de todas as nossas partes interessadas. A alta direção da empresa é muito ativa, item diferencial, pois temos todo o suporte necessário para alcançar o sucesso”, considerou a encarregada de Saúde, Segurança, Proteção Ambiental e Qualidade (SSPAQ), Gabriella Leal.

Melhorias

Para alcançar resultados positivos, a empresa superou o desafio de adequar-se às plataformas on-line para a realização do processo. “Esta auditoria de recertificação não presencial nos trouxe o desafio de termos os nossos processos claros e auditáveis. Foram cinco dias de auditoria com três auditores em tempo integral, o equivalente a 15 dias de evento. Destaco que a recertificação foi possível porque trabalhamos em equipe, cumprimos as legislações vigentes, implementamos melhorias, controlamos e planejamos nossas atividades”, declarou Leal.

A última recertificação, ocorrida em 2018, trouxe a implementação de diversas melhorias, desde processos mais robustos e automatizados até o desenvolvimento do time em auditoria interna. Diversos comitês internos foram criados para tratar assuntos como os ligados aos clientes e gerenciamento de mudanças.

Segundo o gerente de SSPAQ, Fernando Pereira, as recertificações conquistadas têm um prazo de três anos, mas a empresa passará por várias auditorias de manutenção. “No último ciclo, iniciado em 2018, a empresa passou por auditorias internas, de manutenção, uma de up grade – OHSAS 18001 para ISO 45001 -, uma de acréscimo de escopo – inclusão do Centro de Tancagem 4 – além da última auditoria de recertificação realizada em setembro deste ano. Tão importante quanto a recertificação é a sua manutenção que demandará a melhoria contínua dos nossos processos e interações”, destacou.

Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
API key not valid, or not yet activated.