Parques com montanhas na RMC têm horários de funcionamento alterados

A orientação é que os montanhistas cheguem mais cedo nas unidades para a prática do esporte. Os horários limites de permanência nos locais devem ser respeitados. Os parques estaduais estão munidos com estrutura de segurança para evitar a propagação do novo coronavírus.

Os Parques Estaduais de montanha Pico Paraná, Pico Marumbi e Serra da Baitaca, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), passam a ter horário de visitação alterados a partir deste final de semana por conta das práticas de montanhismo realizadas nos locais. A decisão foi oficializada nesta quinta-feira (13), pelo Instituto Água e Terra (IAT), vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest).

A orientação é que os montanhistas cheguem mais cedo nas unidades para a prática do esporte. Os horários limites de permanência nos locais devem ser respeitados. Nas demais Unidades de Conservação do Estado seguem as normativas de horário publicadas na Portaria nº IAT 006/21.

O Caminho do Itupava, atrativo do Parque Estadual Serra da Baitaca, permanece fechado para visitação devido a riscos de segurança encontradas na trilha e todas as Unidades fecham nas terças-feiras para manutenção.

Apesar do horário diferenciado, os parques continuam a seguir as normas regulamentadas na Portaria, com número reduzido de visitantes, medidas de segurança e distanciamento social. Acampamentos continuam proibidos e o acesso às unidades é permitido apenas pelas bases do IAT, mediante cadastro e contabilização de turistas.

Novas lixeiras da Ilha do Mel foram feitas de resíduos de ações ambientais
IAT alerta para preservação de espécies de tubarões ameaçadas de extinção
Os parques estaduais estão munidos com estrutura de segurança para evitar a propagação do novo coronavírus. Além disso, os funcionários dispõem de protocolos de higiene para prevenir possíveis contágios. Visitantes serão identificados com pulseiras nas portarias, a fim de manter o controle de entrada nos parques.

“A pandemia ainda não acabou, então as pessoas que vão até esses parques para subir as montanhas devem verificar a possibilidade de carga e utilizar a pulseira de identificação entregue na portaria oficial. Ela será solicitada durante a fiscalização e é importante para o controle e segurança dos visitantes no interior das Unidades de Conservação”, afirma o diretor de Políticas Ambientais da Sedest, Rafael Andreguetto.

Confira as mudanças em cada um dos parques e atrativos

Parque Estadual Pico Paraná

Horário de entrada: a partir das 05h

Horário limite para subida: até às 15h

Horário limite de permanência na unidade: até 19h

Parque Estadual Serra da Baitaca

Horário de entrada: a partir das 05h

Horário limite para subida: até 18h

Horário limite de permanência na unidade: até 19h

Parque Estadual Pico Marumbi

Horário de entrada: a partir das 06h

Horário limite de subida para Salto dos Macacos e Conjunto Marumbi: 09h

Horário limite de subida para Conjunto Marumbi – trilhas leves: 12h

Horário limite de permanência Salto dos Macacos: 15h

Horário limite de permanência Conjunto Marumbi – todas as trilhas: 18h

Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Pontal do Paraná

24°C
Scattered clouds
segunda-feira
78.5625%
09:06 AM
Min: 20°C
1009
09:11 PM
Max: 24°C
E 3 m/s